21. O que é audiodescrição?

Imprescindível para pessoas cegas ou com baixa visão. Alguns estudos indicam que a audiodescrição também favorece idosos, disléxicos e pessoas com deficiência intelectual.

Se ampliarmos ainda mais o conceito da audiodescrição, ela favorece a compreensão de informações imagéticas para todas as pessoas que, por algum motivo, estão impedidas de ver as imagens. Exemplo: programas de rádio.

O recurso consiste na descrição clara e objetiva de todas as informações que compreendemos visualmente e que não estão contidas nos diálogos, como, por exemplo, expressões faciais e corporais que comuniquem algo, informações sobre o ambiente, figurinos, efeitos especiais, mudanças de tempo e espaço, além da leitura de créditos, títulos e qualquer informação escrita na tela.

A audiodescrição permite que o usuário receba a informação contida na imagem ao mesmo tempo em que esta aparece, possibilitando que a pessoa desfrute integralmente da obra, seguindo a trama e captando a subjetividade da narrativa, da mesma forma que alguém que enxerga.

As descrições acontecem nos espaços entre os diálogos e nas pausas entre as informações sonoras do filme ou espetáculo, nunca se sobrepondo ao conteúdo sonoro relevante, de forma que a informação audiodescrição se harmoniza com os sons do filme.

Quase diariamente profissionais da audiodescrição descobrem mais e mais situações em que o recurso pode e deve estar presente de modo a permitir a inclusão da pessoa com deficiência:

  • Artes Plásticas: museus, galerias de arte.
  • Educação: salas de aula, congressos, seminários, palestras.
  • Eventos Esportivos: em todas as modalidades esportivas, incluindo Olimpíadas, Paralimpíadas e Copas do Mundo de Futebol.
  • Eventos religiosos: missas, casamentos.
  • Festas: carnaval, desfiles militares, festas de São João.
  • Filmes: em todos os tipos de filmes e documentários, de curta ou longa-metragem, em salas de cinema ou em casa.
  • Internet: fotos, gráficos, ilustrações, vídeos publicados em sites.
  • Publicações: livros, apostilas, folders.
  • Teatro: em todos os tipos de encenações realizadas ao vivo como peças, dança, musicais, circo.
  • Televisão: em todos os tipos de programas e peças publicitárias, gravados ou ao vivo.

Fonte: http://audiodescricao.com.br/ad/o-que-e-audiodescricao/ e http://www.blogdaaudiodescricao.com.br/audiodescricao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s