4. No que consiste a deficiência física?

Entende-se por deficiência física a alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções;

A deficiência física engloba vários tipos de limitação motora. São elas:

  • Paraplegia: paralisia total dos membros inferiores, comprometendo a função das pernas, tronco e outras funções fisiológicas.
  • Paraparesia: perda parcial das funções motoras dos membros inferiores.
  • Monoplegia: perda total das funções motoras de um só membro (inferior ou posterior).
  • Monoparesia: perda parcial das funções motoras de um só membro (inferior ou posterior).
  • Tetraplegia: paralisia total do corpo, comprometendo a função dos braços e das pernas. O grau de imobilidade dos membros superiores depende da altura da lesão.
  • Tetraparesia: perda parcial das funções motoras dos membros inferiores e superiores.
  • Triplegia: perda total das funções motoras em três membros.
  • Triparesia: perda parcial das funções motoras em três membros.
  • Hemiplegia: paralisia total das funções de um lado do corpo como consequência de lesões cerebrais.
  • Hemiparesia: perda parcial das funções motoras de um hemisfério do corpo (direito ou esquerdo)
  • Paralisia cerebral: termo amplo para designar um grupo de limitações psicomotoras resultantes de uma lesão no sistema nervoso central. Geralmente, pessoas com paralisia cerebral possuem movimentos involuntários e espasmos musculares repentinos – chamados espasticidade. Esses espasmos também são verificados nas outras deficiências, mas em menor intensidade. Paralisia cerebral e deficiência cognitiva ou intelectual não são a mesma coisa.
  • Amputação: perda total ou parcial de um ou mais membros do corpo.
  • Ostomia: intervenção cirúrgica que cria um ostoma (abertura, ostio) na parede abdominal para adaptação de bolsa de coleta; processo cirúrgico que visa à construção de um caminho alternativo e novo na eliminação de fezes e urina para o exterior do corpo humano (colostomia: ostoma intestinal; urostomia: desvio urinário).

Fonte: “Manual de Convivência – Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida” – Mara Gabrilli e http://www.deficienteonline.com.br/deficiencia-fisica-tipos-e-definicoes___12.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s